Notícias

22/05/2018
Empresa Júnior da UFPE vence Desafio AD Diper


A Citi apresentou um projeto de maketplace para a área têxtil dos arranjos produtivos locais

WhatsApp Image 2018-05-21 at 12.23.02

 

A Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper) anunciou, nesta segunda-feira (21), a empresa júnior campeã da primeira edição do Desafio AD Diper. Com a sugestão para área têxtil, a empresa júnior Citi, do Centro de Informática da Universidade Federal de Pernambuco, foi a selecionada e, por isso, receberá o valor de R$ 5 mil e um capítulo exclusivo no livro da Agência sobre os Arranjos Produtivos Locais (APL).

O desafio, que foi realizado em parceria com a Federação de Empresas Juniores de Pernambuco (Fejepe), teve como intuito buscar jovens que pudessem encontrar soluções práticas e inovadoras para os APL’s. O foco dos projetos deveria ser um dos sete arranjos: mel, leite, frutivinicultura, psicultura, caprinovinocultura, confecções e gesso.

O processo consistiu na inscrição das empresas junto com o envio de um projeto. Após a inscrição, três juniores foram selecionados para serem apresentados a uma banca da AD Diper nesta segunda-feira (21). Foram apresentados dois projetos para a área têxtil pelas empresas juniores Ciclo Consultoria e a Citi UFPE e um projeto para a área da psicultura pela Dipolum Consultoria.

A Empresa Campeã, Citi, apresentou um projeto que consistia em uma plataforma que se aproxima do marketplace para a área Têxtil voltando-se para a venda no atacado por meio da tecnologia PWA (Progressive Web APP). A apresentação foi realizada por Rafael Veiga, estudante de economia e membro da empresa júnior de tecnologia da informação.

Segundo o presidente da AD Diper, Leonardo Cerquinho, a interação de alunos da graduação com o auxílio de seus professores e profissionais do mercado é uma grande oportunidade de inovar no desenvolvimento dos APLs e diminuir os gargalos ainda existentes. “Trazer as empresas juniores para propor soluções aos arranjos produtivos locais é a melhor maneira de acessar ideias inovadoras, com base tecnológica e, ao mesmo tempo, estimular o empreendedorismo do Estado”. afirma.



Voltar para Notícias

Newsletter

Cadastre-se em nosso informativo e receba nossas novidades em seu e-mail.



Facebook